Editorial

Tipo de recurso
Autor ou contribuidor
Título
Editorial
Resumo
O ensaio que abre este número de Mnemosine evoca o contundente poema de Brecht, Intertexto, que situou, no passado, a chegada dos invasores - os que ocupam nossas casas aos poucos, sem serem notados, até que nos expulsam. Primeiro levaram os negros/ Mas não me importei com isso/ Eu não era negro Em seguida levaram alguns operários/ Mas não me importei com isso/ Eu também não era operário Depois prenderam os miseráveis/ Mas não me importei com isso/ Porque eu não sou miserável Depois agarraram uns desempregados/ Mas como tenho meu emprego/ Também não me importei Agora estão me levando/ Mas já é tarde. Como eu não me importei com ninguém/ Ninguém se importa comigo.  Cada vez é mais necessário criar vacúolos de silêncio em meio a um insuportável vozerio. Assim, creio que basta o poema de Brecht ao Editorial de Mnemosine nesse primeiro número de 2023. Obrigada a todxs que colaboraram.Saúde, alegria.Também querem levá-las.Mas, no caso, isso nos importa e não estamos dispostxs a permitir.....  Heliana de Barros Conde Rodrigues
Título da publicação
Mnemosine
Volume
19
Edição
1
Data
2023-05-22
Abreviatura do periódico
Mnemosine
ISSN
1809-8894
Data de acesso
29/09/2023 12:00
Catálogo de biblioteca
DOI.org (Crossref)
Citation 'apa'
Conde, H. (2023). Editorial. Mnemosine, 19(1). https://doi.org/10.12957/mnemosine.2023.76204
Citation 'abnt'
CONDE, H. Editorial. Mnemosine, v. 19, n. 1, 22 maio 2023.