Os lugares e função da supervisão clínico institucional na construção e consolidação da Rede de Atenção Psicossocial

Tipo de recurso
Autores/contribuidores
Título
Os lugares e função da supervisão clínico institucional na construção e consolidação da Rede de Atenção Psicossocial
Resumo
O presente artigo analisou o processo de institucionalização da Supervisão Clínico-Institucional (SCI), ressaltando os principais elementos que a tornam um importante dispositivo de formação e qualificação das práticas de saúde mental, a fim de contribuir com o resgate e a construção da memória deste processo no Brasil. Trata-se de um estudo qualitativo sobre dispositivos de formação em saúde e políticas de escrita/narratividade. Realizou-se uma leitura cuidadosa de documentos governamentais e da produção acadêmica relativa ao tema, os quais foram sistematizados tendo em vista o processo histórico de constituição da SCI como dispositivo de formação. A segunda etapa constitui-se na escrita da narrativa de memórias relacionadas aos encontros da pesquisadora com a SCI no Brasil. A terceira etapa consiste na discussão sobre as contribuições da SCI na construção e consolidação da Rede de Atenção Psicossocial (RAPS). Conclui-se que a SCI é um dispositivo de formação fundamental na consolidação da RAPS.
Título da publicação
Mnemosine
Volume
18
Edição
2
Data
2022-11-10
Abreviatura do periódico
Mnemosine
ISSN
1809-8894
Data de acesso
29/09/2023 12:00
Catálogo de biblioteca
DOI.org (Crossref)
Citation 'apa'
Devera, D., & Yasui, S. (2022). Os lugares e função da supervisão clínico institucional na construção e consolidação da Rede de Atenção Psicossocial. Mnemosine, 18(2). https://doi.org/10.12957/mnemosine.2022.71196
Citation 'abnt'
DEVERA, D.; YASUI, S. Os lugares e função da supervisão clínico institucional na construção e consolidação da Rede de Atenção Psicossocial. Mnemosine, v. 18, n. 2, 10 nov. 2022.